Header.

Sobre o Tarot

Os tarólogos e tarólogas usam as cartas do Tarot para ler o futuro de quem pede a consulta. Estas cartas com poderes supostamente mágicos já existem há séculos, há quem diga que a sua origem remonta à Índia e antiga Pérsia.

Embora nos séculos passados o Tarot fosse sobretudo usado por ciganos e falsos videntes, ele depois veio a tornar-se quase algo da moda, sendo hoje usado por muitas pessoas em todo o mundo. Os praticantes sérios e honestos que usam o Tarot para ajudar outras pessoas são prestigiados, e todas as pessoas que estudarem o assunto a fundo poderão deitar cartas a outras pessoas ajudando-as a resolverem os seus problemas.

Ao contrário do que acontece com outros tipos de artes semelhantes, no Tarot a pessoa que deita cartas não necessita de ter nenhum dom de médium nem nada assim. Há vários tipos diferentes de baralhos de Tarot sendo que normalmente os tarólogos especializam-se em apenas alguns tipos de baralhos passando a usar esses nas suas consultas.

Cartas de Tarot.

Um problema do Tarot e que também faz com que muitas pessoas não acreditem na sua efectividade é que ele nem sempre acerta. Quer seja por falta de experiência ou de conhecimentos por parte do tarólogo, ou pela própria natureza do Tarot, ele apenas é eficaz nas previsões numa parte dos casos em que é usado. Isso não impede no entanto que as pessoas que sim acreditam, continuem a pedir consultas e a querer saber o que o futuro lhes reserva através das leituras das cartas.

Tal como disse antes, as pessoas que deitam cartas de Tarot não necessitam de ter poderes especiais embora devam ser pessoas bom uma boa intuição. O Tarot é sobretudo uma arte que precisa de ser estudada a fundo e entendida. Isto não é tão banal como parece, para se ser um bom tarólogo pode-se demorar anos a adquirir experiência e a aprender com os próprios erros. Mas depois que se domina a arte das cartas, é como aprender a andar de bicicleta: nunca mais se esquece.

Cada carta de Tarot tem um significado que deve ser interpretado pelo tarólogo de acordo também com a sua própria intuição e modo de ver as coisas. Mas é fundamental antes de mais conhecer o simbolismo dos arcanos maiores, dos arcanos menores, o significado de cada carta, e familiarização com a história do Tarot e isto exige estudo dedicado e prolongado como em qualquer outra arte.

Magia Branca vs Magia Negra

Há quem ache que a magia tem cores, bem, estas pessoas devem estar a usar óculos de lentes coloridas pois a magia não tem cor. Chamamos magia negra ou magia branca de acordo com o uso que se dá aos feitiços que se fazem e ao tipo de energias a influenciar.

Feitiços com o único objectivo de praticar o mal, como pode ser separar pessoas, lançar energias negativas sobre alguém, fazer amarrações, e tudo o que envolver inveja e más energias pertence à magia negra, e há videntes e magos que se recusam a praticar este tipo de magia pois consideram que ao fazê-lo estão a atrair sobre si essas mesmas energias negativas e irão pagar o sue preço mais cedo ou mais tarde.

Já a magia branca é a magia dos feitiços inofensivos que não carregam nenhuma energia negativa, apenas existem e são feitos com um determinado objectivo em mente mas não irão prejudicar ninguém. Há também quem ainda indique um terceiro tipo de magia, a magia vermelha. Esta envolveria feitiços e trabalhos com sacrifício de animais pois é a cor do sangue, e o vermelho está também associado ao amor e à paixão, e assim incluiria também os feitiços de carácter sexual onde uma pessoa deseja atrair outra, por exemplo com amarração sexual.

Os praticantes da magia, quer seja negra ou branca podem usar diversos tipos de materiais para fazer os trabalhos, podem ser fotos da pessoa a quem é dirigido o trabalho, velas de diferentes cores (a cor não muito importante desde que o objectivo do trabalho esteja claro na mente de quem o realiza), cristais coloridos, bolas de cristal, búzios, e baralhos de cartas como o tarot.

Bruxa sexy com cartas e bola de cristal.

Não há uma magia negra ou magia branca, a magia é só uma, o que difere é a intenção, positiva ou negativa, de quem faz os trabalhos mágicos e que determina o tipo de energia que irá manipular. Esta sim poderá ser energia negativa ou positiva.

Quem pode praticar magia? Qualquer pessoa o pode fazer. Aquela ideia de que as bruxas voam em vassouras e que vivem em cabanas no bosque com enormes caldeirões à lareira não poderia ser mais errada. Neste mesmo momento pode estar uma bruxa sentada perto de si e você nem o saber (depende de onde você esteja, é claro ;) ). E o mesmo se pode aplicar aos bruxos e magos.

E a ideia de que bruxas são velhas horríveis com uma verruga no nariz e chapéu em bico também está errada. Essa morena sexy que vai a caminhar na rua pode ser uma bruxa e ninguém desconfia. Resta saber se ela prefere fazer magia negra ou branca… Em todo o caso, o melhor é você não fazer nada que a possa irritar ou poderá virar vítima de alguma macumba (outro nome para a magia negra).

Dicionário dos Videntes – Parte 2

Aqui fica a segunda e última parte do dicionário dos videntes que comecei no post anterior. Se sempre quis saber o que significa "ectoplasma" ou "grafologia" e tinha medo de perguntar este post é ideal para si. ;)

Dicionário dos videntes e da magia, parte 2

Letra C

Criptomnésia: Forçar a mente de uma pessoa e recordar-se de situações bloqueadas no subconsciente. Difere por exemplo da hipnose por se tratar de algo paranormal, enquanto a hipnose é usada actualmente por médicos e profissionais no tratamento de doenças, e em situações como ajudar alguém a deixar de fumar, por exemplo.

Cristaloterapia: Se a aromaterapia é a terapia dos aromas, a cristaloterapia é a terapia dos cristais. Há cristais de todos os tipos, usados para as mais diferentes situações.

Curandeiro: A pessoa que usa curas naturais para tratar doenças ou problemas, pode usar feitiços e magia por vezes passados de pai para filho ou de um curandeiro a outro.

Letra D

Déjá vu: Expressão em francês que significa simplesmente "já visto". Acontece frequentemente e é possível que você também já tenha passado por esta situação: num determinado momento, tem a sensação clara de que já passou por aquela situação exacta, mas não se recorda onde nem quando. Pode acontecer quando entra num local pela primeira vez e de súbito tem a sensação de que já lá esteve antes, ou durante uma conversa tem a sensação de que ela já aconteceu.

Desencarnação: Quando alguém passa para o plano espiritual, abandonando o corpo físico. Algumas pessoas preferem encarar a morte de entes queridos desta forma.

Letra E:

Ectoplasma: Substância viscosa que se forma em certas zonas do corpo de pessoas com dons mediúnicos que contactam com entidades espirituais. É considerado em parte, como sendo fluidos produzidos pela entidade combinados com os fluidos naturais do próprio médium que canaliza a entidade nesse momento.

Letra F:

Fitoterapia: É a terapia para cura de doenças usando ervas e plantas. É muito usada pelos curandeiros.

Letra G:

Grafologia: É o estudo da personalidade de alguém analisando a sua forma de escrever (caligrafia). Com a grafologia os especialistas determinam aspectos menos visíveis e mesmo subconscientes do carácter da pessoa desconhecidos até mesmo para ela.

Letra H:

Hialoscopia: Significa ver o futuro usando uma bola de cristal, o que é frequente entre os bruxos e videntes. Além da bola de cristal, eles podem usar qualquer superfície reflectora como um espelho por exemplo. Há também várias superstições associadas aos espelhos como a de que partir um espelho dá a quem o partiu sete anos de azar.

Hexagrama: Figura ou estrela com seis partes usado em várias situações. O popular jogo I-Ching usa um hexagrama, por exemplo.

Letra K

Karma: Tem a ver com reacção a uma acção, causa e efeito. Há a ideia de que se alguém praticar boas acções durante a vida, será também recompensado com coisas  boas, positivas. Pelo contrário, se realizar más acções, receberá energias negativas e coisas más lhe acontecerão. É o karma em acção.

Letra M

Macumba: Nome pelo qual algumas pessoas designam a magia negra, pode ser também chamada de Quimbanda.

Magnetismo: Energia que todos possuímos, este magnetismo natural pode ter efeitos sobre as outras pessoas ou sobre animais. É também chamado de "magnetismo animal".

Médium: Pessoa sensitiva que desenvolveu o dom de comunicar com entidades espirituais, ele tem o poder de servir de intermediário entre o mundo do mortos e o dos vivos. Através dele e da sua mediunidade, os espíritos podem comunicar com os vivos. Os médiuns são normalmente procurados por pessoas que querem comunicar com entes queridos que perderam. Eles canalizam o espírito que assim pode "falar" usando a voz do médium.

Letra N

Namasté: Forma de saudação usada entre os hindus, a pessoa junta as palmas das mãos com os polegares virados para o peito e inclina levemente a cabeça na direcção do outro, em reverência. O significado é dos mais belos que conheço: "deus que habita em mim saúda o deus que habita em você".

Letra O

Ouija: É o famoso jogo do copo ou jogo ouija. É usado para consultar espíritos. Existe desde séculos embora não na forma como é praticado hoje.

Letra P

Pneumatofonia: Normalmente as entidades espirituais comunicam com os vivos usando a voz do médium que serve de intermediário, mas por vezes podem fazer-se ouvir sem necessidade de intermediário, isto chama-se pneumatofonia.

Poltergeist: Em casas assombradas é habitual os móveis e outros objectos moverem-se sem que ninguém lhes toque ou que levitem para espanto de quem vê. Poltergeist é este efeito dos espíritos sobre objectos. Está popularizado na série de filmes "Poltergeist" onde uma família sofre os perigos de viver numa casa assombrada.

Psicocinese: É o poder de mover objectos apenas com o poder da mente. É a mente sobre a matéria. Tal como no exemplo anterior, também aqui há um exemplo de culto no cinema sobre este tema: o filme "Carrie" de 1976 de Brian DePalma mostra uma adolescente tímida (a actriz Sissi Spacek interpretou Carrie) que descobre possuir o poder de mover objectos com a mente para terror do jovens que a atormentavam.

Psicografia: É quando um espírito comunica com os vivos usando um médium, mas usando a escrita em vez da fala. O médium pode estar plenamente consciente do que está a acontecer, ou pode estar inconsciente, sendo neste caso os seus movimentos totalmente controlados pelo espírito.

Letra Q

Quiromância: É a leitura do futuro através da observação da palma da mão do indivíduo. É frequente encontrar pessoas que fazem isto, por exemplo, em feiras populares.

(Fim do dicionário, veja aqui a primeira parte do dicionário dos videntes).

Dicionário dos Videntes – Parte 1

Por vezes ao consultar videntes online e mesmo sem ser online vemos que usam palavras e expressões que não entendemos ou que podemos interpretar mal. Se o vidente ou médium ou o que seja for honesto e sério, irá abster-se de usar termos que pessoas com menos estudos não entendam, mas é isto mesmo que os falso videntes (e há muitos) fazem para parecerem mais importantes e aproveitarem-se do desconhecimento de quem os procura.

Desenho de vidente cartomante.

Segue um dicionário rápido de algumas palavras usadas na magia, que se aplicam às mais diversas situações e que convém conhecer para que melhor se entenda a magia e tudo o relacionado ao plano esotérico, astral, espiritual.

Dicionário dos videntes e da magia

Letra A

Ablução: Trata-se do ritual de limpeza e purificação feito pelas pessoas envolvidas, em que estas se lavam, limpando o corpo e a alma.

Alopatia: Nome dado à medicina convencional que usa fármacos e pílulas, etc. para curar doenças ou minimizar os efeitos delas.

Alquimia: Com origem árabe (muitas palavras começadas por "al" são de origem árabe) significa transmutação e era aplicado aos metais. É vulgarmente associado ao desejo na antiguidade de transformar objectos em ouro numa mistura de química e magia. Também pode significar transformação espiritual.

Altar: Mesa ou sítio normalmente elevado sagrado onde os sacerdotes ou praticantes de feitiçaria colocam objectos sagrados e fazem oferendas. Pode servir para colocar os materiais usados durante a sessão em curso, que dependem do tipo de trabalho que se quer fazer, e que podem ser velas, cristais, etc.

Amuleto: Objecto que dá sorte a quem o possuir, o seu dono deve usá-lo em todos os momentos sendo protegido por ele. Pode ser oferecido por um médium ou vidente.

Anjo: Espírito mensageiro de Deus, pode ser o Anjo da Guarda que vela e protege pela pessoa, servindo também de guia invisível mas sempre presente. Em Espanha há um provérbio popular que é algo como "O meu santo foi ao Céu" e que é usado quando a pessoa se esquece de algo que ia para dizer. Sim, já sei que é Santo e não Anjo mas recordei-me disto agora e também se poderia aplicar aos Anjos…

Angeologia: Estudo de tudo relacionado com Anjos, orações dirigidas a eles, ou cristais do Anjos, por exemplo.

Aromaterapia: É a terapia dos aromas, usa incenso, flores, óleos de essências, etc. É um tipo de terapia usado desde séculos embora não com o nome que lhe é dado hoje.

Astrologia: É a ciência dos astros, ela estuda a influência destes nas vidas das pessoas de acordo com as posição deles no momento do nascimento. Com ela tarólogos e videntes podem criar o mapa astral de uma pessoa, necessitando neste caso de dados muito exactos acerca do local de nascimento bem como da hora.

Autoscopia: Tema muito interessante, refere-se a situações nas quais alguém se vê a si próprio como estando fora do seu próprio corpo, projectado, o corpo astral libertado do corpo material. É frequente pessoas que passaram por experiências de quase morte (EQM), verem-se a si próprias fora do seu próprio corpo, aparentando estar inconscientes (outra situação frequente é verem um túnel com uma luz ao fundo), por exemplo durante operações cirúrgicas o paciente (na sua forma astral) pode elevar-se até ao tecto da sala de operações e daí olhar para baixo, vendo o seu corpo deitado e sendo operado pelos médicos. Mais tarde, já desperto, o paciente pode descrever procedimentos que foram feitos estando ele "inconsciente" e que não poderia ter sabido que estavam a acontecer.

Avatar: Em hinduísmo significa encarnação de um deus tanto em forma humana como em animais. As várias encarnações de um mesmo deus em lugares diferentes e ao mesmo tempo eram chamadas de Avatares.

Letra B

Bilocação: É o poder de estar materializado em dois lugares ao mesmo tempo, algo impossível pelas leis da física que se aprendem na escola. As pessoas com grande poder místico aparentemente conseguem essa proeza.

Bruxo ou Bruxa: Pessoas que usam a magia para alcançar determinado fins, tanto pode usar magia branca, inofensiva, ou magia negra, capaz de influenciar a vida das pessoas negativamente, separar pessoas, etc. Depende da personalidade do bruxo e dos motivos que o levam a agir. Pode usar poções mágicas, fazer feitiços, usar velas, cristais de cores, e vários outros materiais, alguns deles repugnantes para algumas pessoas. A magia diz-se "branca" ou "negra" conforme o uso para para o bem ou para o mal que se lhe queira dar.

Letra C

Cartomância: Os cartomantes usam as cartas para ver o futuro. Há vários tipos diferentes de baralhos para adivinhações, depende da especialidade de cada cartomante qual tipo de baralho usar. Há também baralhos muito decorados onde cada carta é quase uma obra de arte ou mais simples, com as cartas de grande tamanho, ou com cartas pequenas.

Chakra: Do sânscrito, refere-se a vários centros de energia espalhados por zonas estratégicas do corpo humano, havendo sete grandes chakras em pontos principais e muitos outros chakras menores.

Círculo: É usado na magia em feitiços de protecção, basicamente trata-se de seguir um ritual com frases mágicas traçando um círculo protector em torno da pessoa que assim fica protegida. A linha que compõe o círculo nunca deve ser quebrada para manter a protecção.

Clarividência: Poder dos videntes de ver aquilo que as pessoas "normais" não conseguem ver, como ver entidades espirituais. Os videntes conseguem através do seu dom desenvolvido, ver situações do passado ou do futuro como se acontecessem neste momento. Durante a vidência é como se o tempo parasse, o vidente vê tudo num momento, torna-se um só com o próprio tempo e espaço. Ele deve relatar imediatamente aquilo que vê, ele pode ver mas não deve tentar interpretar o que está a ver.

(Leia aqui o Dicionário dos Videntes – parte 2).

Responso On Line

Veja abaixo a oração do Responso de Santo António a oração usada quando se quer encontrar coisas perdidas, pode ser qualquer objecto que se tenha perdido e nunca encontrado, animais que desapareceram de casa ou que fugiram e não voltaram, ou mesmo para encontrar dinheiro perdido ou fazer que dinheiro roubado regresse ao legitimo dono. Neste caso do dinheiro, é dito que ele apenas regressará caso quem o roubou ainda não o tenha gasto.

Santo Antonio com menino.

Vale dizer que para que o responso funcione você deverá acreditar realmente no que está a fazer e a dizer, e ter fé em que o Responso de Santo António o irá ajudar a encontrar aquilo que procura. Algumas pessoas que conheço dizem que o responso as tem ajudado sempre que a ele recorrem, e que por vezes parece mesmo um milagre encontrar coisas que se perderam em sítios onde, por estranho que pareça, nunca se tinham lembrado de procurar até rezarem o responso.

Responso de Santo António on line

Se milagres desejais,
Recorrei a Santo António,
Vereis fugir o demónio
E as tentações infernais.

Recupera-se o perdido,
Rompe-se a dura prisão,
E no auge do furacão
Cede o mar embravecido.

Pela sua intercessão
Foge a peste, o erro, a morte,
O fraca torna-se forte
E torna-se o enfermo são.

Recupera-se o perdido,
Rompe-se a dura prisão,
E no auge do furacão
Cede o mar embravecido.

Todos os males humanos
Se moderam, se retiram,
Digam-nos aqueles que o viram;
Digam-no os paduanos.

Recupera-se o perdido,
Rompe-se a dura prisão,
E no auge do furacão
Cede o mar embravecido.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.

Recupera-se o perdido,
Rompe-se a dura prisão,
E no auge do furacão
Cede o mar embravecido.

Rogai por nós bem-aventurado Santo António.
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Recupera-se o perdido,
Rompe-se a dura prisão,
E no auge do furacão
Cede o mar embravecido.

V. Rogai por nós bem-aventurado Santo António.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Recupera-se o perdido,
Rompe-se a dura prisão,
E no auge do furacão
Cede o mar embravecido.

Oremos: Deus eterno e omnipotente, Vós quisestes que o Vosso povo encontrasse em Santo António de Lisboa um grande pregador do Evangelho e um intercessor poderoso. Concedei-nos seguir fielmente os princípios da Vida Cristã, para que mereçamos tê-lo como Protector em todas as adversidades. Por Cristo Nosso Senhor, Ámen.